Heart1




Que é de ti doce miragem meu veleiro de ilusões
Soltei velas da memória Naveguei p'la vida fora preso ao mastro das recordações.
...
Eras maré cheia dos meus ideais
A paz e a bonança de temporais
Catedral da minha fantasia
Desenho o teu rosto em cada dia
Que é de ti dá-me um sinal lá donde estás
Ai a saudade nem com o tempo amansa
Não morreu a esperança
Eu não encontro paz
Eras terra cinza, lava ardente o fogo em mim que é de ti
...
Perguntei ao vento em que redes te prendeu que é de ti
Não me respondeu riu-se de mim.

2 comentários

- marianna disse...

está lindo (: SIGO sem duvidas!
aqui está o meu: http://ithinkineedyou2011.blogspot.com/

".. .a personagem!" disse...

Obrigada ^.<
Seguirei o teu tbm.. .

© See Differently
Maira Gall